Search Here!!!

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Cannabis medicinal



Boas malta!

Muitos dizem que a marijuana não tem valor medicinal, e que há outros medicamentos mais seguros e mais eficientes que a marijuana, e nos Estados Unidos é até comercializado um medicamento, o Marinol,  que não é nada mais que uma versão sintética de THC, e eu questiono-me, o que é que será melhor? THC na sua forma pura, extraído duma planta que cresce da terra, ou THC sintético, feito em laboratório? Estas medicamentos podem até ser mais eficientes, mas daí a serem mais seguros… Estes também têm os seus efeitos secundários, lá porque são legais não estão livres de riscos.

O facto é que a marijuana provou ser eficiente a reduzir náuseas induzidas por quimioterapia, estimular o apetite em doentes com o vírus da Sida e a reduzir a pressão intra-ocular em pacientes com glaucoma. Também há algumas evidências de que a cannabis reduz os espasmos musculares em pacientes com doenças do foro neurológico.

A cápsula sintética está disponível mediante receita médica, mas não é tão eficiente como a marijuana inalada para muitos dos pacientes. Além disso o THC puro presente nestas cápsulas pode induzir efeitos secundários mais desagradáveis do que quando fumado.
Muitas pessoas utilizam, actualmente, a marijuana como medicina, ou como forma de se libertarem dos seus problemas de saúde, mas é aqui que nós corremos o risco de sermos apanhados e de sofrer-mos as consequências de fumarmos uma mera planta…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...