Search Here!!!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Empresa americana revela projeto para fábrica de maconha

Uma organização americana chamada Gropech apresentou um projeto que propõe ser a primeira fábrica de maconha medicinal dos Estados Unidos. Um vídeo com uma simulação do que seria a incubadora de cannabis foi publicado no site da ONG e teve repercussão em meios como a revista americana Times, que o reproduziu em sua página web. A Gropech se auto-descreve como uma instituição mantida por 'empresários autrístas' que pretende, com a fábrica, gerar renda extra para a cidade e aplicá-la na melhoria da qualidade de vida de seus 400 mil habitantes.



A ideia da iniciativa é mostrar que a maconha pode ser produzida em massa para fins medicinais num futuro próximo. Que é possível cultivar a erva maximizando o espaço, com controle ambiental necessário para sua produção - sem contaminação das plantas - e com transparência no processo de cultivo.


A fábrica seria inserida na cidade de Oakland - a primeira dos Estados Unidos a liberar esse tipo de instalação -, no estado da Califórnia, e teria cerca de 5.500 m². Ela poderia abrigar até 30 mil cannabis que gerariam 50 milhões de dólares por ano.


Contexto

A Califórnia é um dos 14 estados americanos que já liberaram a maconha para o uso medicinal e onde movimentos para a liberação da erva também para uso recreativo têm ganhado mais força. Nesta semana, o governador Arnold Schwarzenegger abrandou a pena para quem é pego com a droga, desde que seja para consumo próprio. O que era visto com um crime leve, agora é apenas uma infração.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...