Search Here!!!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Empresa dos EUA quer tornar refrigerantes de marijuana mais comerciais

Vendidos em lojas medicinais no Colorado e depois na Califórnia
Empresa dos EUA quer tornar refrigerantes de marijuana mais comerciais
Uma empresa californiana vai vender uma linha de refrigerantes com sabor a marijuana e quer transformar estas bebidas em refrigerantes mais comerciais. Uma das bebidas chama-se Canna Cola e é a imagem de marca da linha de cinco bebidas lançadas no Colorado em Fevereiro e no estado da Califórnia durante a Primavera.



Apesar de já existirem vários produtos feitos à base de cannabis, incluindo refrigerantes, o designer Clay Butler, um dos parceiros da empresa,defende que a sua linha vai-se distinguir no mercado. “Todos os produtos de marijuana que existem são demasiado familiares, hippyzinhos e desusados”, disse. “Se alguém pode pôr todas as cores do arco-íris, põe. Se podem fazer rótulos inapropriados e que não se conseguem ler, fazem-no”, explicou, acrescentando que existem folhas de marijuana em todos os produtos. “É um cliché horrível desta indústria.”

No caso da Canna Cola, a folha também está lá no rótulo da garrafa, mas na forma de bolhinhas, antecipando a sensação de se beber um refrigerante. Além do tradicional sabor a cola, há a Grape Ape, que tem sabor a uva, Sour Diesel, de limão, Orange Kush, de laranja e Doc Weed, parecida com a bebida norte-americana Dr Pepper.

Butler acredita que “os adultos tem o direito inalianável de pensar, comer, fumar, beber, ingerir, decorar e vestir-se da maneira que quiserem”, disse ao jornal Santa Cruz Sentinel. Butler, no entanto, afirmar nunca ter fumado esta droga. “Não tomo drogas”, disse. “Tomo uma aspirina quando tenho uma dor de cabeça. É tudo.”

A quantidade de tetrahidrocanabinol (THC), o composto activo da cannabis, que as bebidas vão ter varia entre os 35 e 65 miligramas. Segundo Scott Riddel, o fundador de Diavolo Brands que vai vender a Canna Cola e as suas irmãs, a concentração é bastante menor do que outros produtos. “Tem um leve sabor a marijuana”, disse, “Mas o sabor é realmente negligenciável comparado com outros competidores que têm três vezes mais THC. Quando se chega a essa concentração, há mesmo um forte sabor na boca que fica depois de se ter ingerido.”

As bebidas vão estar disponíveis nas lojas medicinais do Colorado, que vendem produtos feitos a partir de marijuana. Há vários estados em que é permitido vender estes produtos - incluindo o Colorado e a Califórnia - apesar de o consumo de cannabis ser ilegal nos Estados Unidos. Mas uma nova lei quer penalizar os produtos que juntam a cannabis a sabores doces e que podem ser adquiridos por menores.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...