Search Here!!!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

A iluminação da planta de cannabis

ILUMINAÇÃO:

(Ver também Guia de cultivo indoor) Aqui!!!

A luz é necessária à uma planta na transformação de nutrientes em alimento. Tem ainda uma grande influência na produção de clorofila, taxa de crescimento, tamanho de folha e produção de sementes. A luz se torna uma dos aspectos mais importantes em sua operação de plantio. Para o propósito do plantio de marijuana existem dois tipos básicos de luz; Fluorescentes e Descargas de Alta Intensidade (HID) – incluindo Vapor de Mercúrio (MV), Vapor Metálico (MH) e Vapor de Sódio (HPS)

HID x FLUORESCENTES

A diferença principal é que lâmpadas fluorescentes criam luz na passagem de eletricidade através de um vapor de gás de baixa pressão e HID criam luz na passagem de eletricidade através de um vapor de gás de alta pressão. HID são MUITO mais brilhantes e apesar de representarem um maior custo no começo, são mais eficientes na relação custo benefício e permitem uma melhor produção. Portanto, elas são a primeira escolha para a maioria dos criadores em lugares fechados.

FLUORESCENTES

Fluorescentes são encontradas nos mais variados formatos e tamanhos. Existem lâmpadas compactas, bulbos retorcidos e bulbos circulares. Todas trabalham da mesma forma. Elas possuem iniciador (starter) e reator embutido permitindo um envio regular e seguro de eletricidade para a luz. Antes das HID estarem disponíveis para plantio em lugares fechados, os plantadores usavam lâmpadas fluorescentes, que apesar de funcionarem durante todas as etapas de cultivo, não são aconselháveis para uso desta forma. Para plantio de forma efetiva com fluorescentes pense de forma pequena. Essas são lâmpadas indicadas para germinação, produção de raizes em clones e plantas pequenas, manter plantas mãe para propósito de clonagem e ainda prover iluminação lateral para o crescimento dos galhos inferiores. Essas situações não requerem uma luz de alta intensidade para se desenvolver. A luz emitida pelas lâmpadas fluorescentes é suave e mais difusa, não desprende uma grande quantidade de calor e não faz com que a planta trabalhe tanto. Por essa razão pode ser deixada próxima à planta. De três a cinco centímetros é o suficiente, porém devido a isso as luzes deverão ser ajustadas quase que diariamente, o que pode ser problemático.

DESCARGA DE ALTA INTENSIDADE (HID)

Existem basicamente três tipos de HID. Vapor de Mercúrio (MV), Vapor Metálico (MH) e Vapor de Sódio (HPS). Essas lâmpadas também precisam de iniciador (starter) e reator.

Vapor de Mercúrio (MV) e o tipo de luz que era utilizados na iluminação das ruas no passado. Não é muito boa para plantio por não prover o espectro de luz correto. Enquanto ela produz um pouco do espectro azul, MV também produz muito calor para se deixar próximo a planta, sendo de operação muito ineficiente.

Vapor Metálico (MH) é uma fonte muito boa de espectro de luz azul/branco o que é ideal para o crescimento vegetativo. Muitos plantadores usam MH durante a fase vegetativa. MH é brilhante e de operação custo eficiente, porém não tão eficiente quanto as lâmpadas HPS. As potências mais utilizadas são de 400 e 1000 watts. Trabalham melhor quando combinadas com lâmpadas HPS.

Vapor de Sódio (HPS) é a melhor escolha de lâmpada hoje em dia para plantio de marijuana. HPS são muito brilhantes e muito eficientes. Esse tipo de luz tem um espectro vermelho/alaranjado que é ideal para a fase de florescimento. Com o suficiente desse tipo de luz você também poderá cultivar aqueles "camarões" de poster da Hightimes. HPS são encontradas em várias potências de 70 até 1000 watts.

(Ver também Guia de cultivo indoor) Aqui!!!

FOTOPERÍODO

Suas plantas deverão ser iniciadas no período vegetativo em um regime de luz de 24/7 ou 18/6. A razão para o regime de 18/6 é para deixar um período de escuro para as plantas descansarem e também poupar a sua conta de luz. A maioria das plantas se exaure após 16 horas de luz por dia. Ajustes deverão ser feitos de acordo com a necessidade das plantas. Para o florescimento 12/12 é a norma, podemos usar 11/13 também, pois algumas plantas podem continuar no crescimento vegetativo com as 12 horas. Novamente, ajustes poderão ser feitos. Um mínimo de 12 horas de escuro é requerido para ativar o florescimento.

ERROS MAIS COMUNS COM A ILUMINAÇÃO

Não queime as plantas ao coloca-las perto demais das lâmpadas. Fluorescentes não emitem muito calor e podem ficar cerca de 3 a 5 cm de distância. HID emitem muito calor e precisam ficar a uma distância razoável. Um bom teste é colocar as costas da mão entre planta e a lâmpada por algum tempo, se houver sensação de desconforto é porque a lâmpada está perto demais. Existem algumas lâmpadas comuns que podem induzir a germinação, mas são inúteis para propósito de crescimento. Essa lâmpadas são: Qualquer incandescente (normal), halógena, luz negra e de aquecimento. Não perca tempo tentando plantar com essas lâmpadas, você apenas se desapontará.

Fórmulas para Cálculo de Iluminação

Para determinar corretamente a melhor iluminação do seu espaço existem várias coisas que você deve saber. A esta altura algumas definições se fazem necessárias:

Lumens – Um lumen equivale a quantidade de luz emitida por uma vela que incide sobre 1 pé quadrado (square foot) de uma superfície a um pé (1 foot = 0,30m ) de distância.

Watts – A medida da quantidade de eletricidade fluindo através do fio.

Watts por hora medem a quantidade de watts consumidas em uma hora. Um Kilowatt/hora (KWH) é 1000 watts/hora.

Para determinar o custo de operação da sua luz:Descubra o quanto é cobrado por Kwh na sua conta de luz. Imagine que você tem uma lâmpada de 1000 watts e paga $ 0,5/hora. Se um kilowatts equivale a 1000 watts, você pagará 5 centimos por hora para manter a luz acesa. Outro exemplo. Digamos que você tem uma lâmpada de 400 watts e paga $0,3/hora. Divida 400 por 1000 = 0,4 e multiplique por 0,3 = $0.012 por hora de luz.

Para determinar quantos lumens por pé quadrado:Você tem que achar a área do seu espaço. (largura X comprimento = pé quadrado) Divida a quantidade de lumens disponíveis pela medida em pés quadrados da sua área. Exemplo: Digamos que você tenha um espaço de 3 pés de profundidade por 4 pés de largura = 12 pés quadrados, e o total de lumens das suas lâmpadas é de 45.000 lumens. 45.000/12 = 3.750 lumens por pé quadrado

Agora para a grande pergunta. Quanta luz eu necessito? A tecnologia tem avançado tanto nos últimos 15 anos que nós estamos constantemente refinando o processo e atualizando o que sabemos que funciona melhor para o plantio. A teoria atual diz que o mínimo de luz necessária para sustentar o crescimento é de 2.000 lumens por pé quadrado. A média seria de 5.000 lumens por pé quadrado. O ideal seria 7.000-7.500 ou mais por pé quadrado.

Para determinar o quanto de luz você precisa em watts:A regra geral para definir a quantidade de luz para uma área, é um mínimo de 30 watts por pé quadrado. 50 watts por pé quadrado e ideal. Você pode determinar a quantidade luz para a sua área usando essa fórmula: 30 watts (ou 50) X ? (sua área) em pés quadrados. Exemplo: Você tem uma área de 10 pés quadrados 30w X 10 s.f. = 300 watts/por pé quadrado ou 50 watts X 10 s.f. = 500 watts por pé quadrado (ideal). Lembre-se que lâmpadas fluorescentes são mais fracas e emitem menos luz que as HID. Isso significa que você precisará 5 vezes mais watts para igualar uma lâmpada HID. Então, 30 watts de HID seriam iguais a 150 watts de fluorescentes. Por isso é advertido que se utilize o mínimo de 30 watts por pé quadrado para luzes HID e um mínimo de 150 watts para Fluorescentes.

Isso tudo é muito importante pois a intensidade da luz irá afetar diretamente a qualidade e a produção de sua colheita. Se você tiver menos do que o ideal, sua colheita e potência serão reduzidas e os "camarões" não serão tão densos. Essa questão nunca é de mais repetir. Você deve ter a quantidade de luz certa para o seu espaço, para poder colher "camarões" de alta qualidade. A questão as vezes pode ser, "Posso ter luz demais?" A resposta básica é não. De acordo com a lei de retornos minorados, você poderia teoricamente alcançar um ponto onde as plantas não conseguiriam mais absorver a luz, porém seria impossível ter essa quantidade de luz em seu espaço. O calor se tornaria um problema bem antes de você atingir esse ponto. Então use quantas lâmpadas puder, apenas controle o calor.

Experimentação é o único método para determinar a melhor solução para cada planta. Se a planta não estiver recebendo luz suficiente, ela começará a crescer de forma desproporcional como se estivesse se esticando para buscar luz e a folhagem se torna verde pálida. Ou, se elas necessitam ser movidas para perto da luz, ou aumentado o período de exposição à luz, elas podem ter problemas como folhas e flores descolorindo ou queimadas. Folhas poderão se tornar super compactas e enroladas nas pontas.

Quantidade de lumens por metro quadrado (lux):
1000 - 5000 lux - Mínimo necessário pra vida;
10 000 - 15 000 lux - Mínimo necessário para um crescimento consistente porém esparso;
20 000 - 25 000 lux - Mínimo necessário para crescimento robusto;
25 000 - 30 000 lux - Máxima eficiência para espécies sub tropicais;
25 000 - 50 000 lux - Máxima eficiência para espécies equatoriais;
Máximo: 90 000 lux - Itensidade da luz do sol na superfície da Terra. É muita luz e não é bom pra erva.

As plantas precisam de 25 000 - 50 000 lux para desevolverem rápido. Todas as marcas de lâmpadas indicam na embalagem quantos lumens são emitidos por watt.

Obs: Não confudam lumens com lux, 1 lux = 1 lumen por m².

23 comentários:

  1. Gostaria saber se e possivel dar 1o horas de sol e 8 de lampada de sodio.

    ResponderEliminar
  2. Isso vai stressar a planta, porque a iluminaçao nao vai ser constante, nem a temperatura....

    ResponderEliminar
  3. Gostaria de saber se uma lampada hps seria suficiente para 3 plantas.
    Obrigado

    ResponderEliminar
  4. Depende da potencia da lampada e do tamanho que vais deixar as plantas alcançar.... Mas sim é suficiente... Aposta numa de 150W para tres plantas, visita o site cannabis.com.pt

    tens muita gente lá para te ajudar com o grow e respectivo cultivo

    ResponderEliminar
  5. Queria saber eu posso ligar o reator em uma tomada normal

    ResponderEliminar
  6. gostava de saber se uma lâmpada fluorescente WH branco, com 550 lumens e 11w faz coisa numa planta com 15 dias?
    (pergunta um pouco confusa)
    obrigado

    ResponderEliminar
  7. Depende do tamanho do Armario, e depende se for para acrescentar as ja existentes, se for para acrescentar faz bem, se for a unica nao serve de nada....

    ResponderEliminar
  8. Tenho apenas 1 pé,com 3 meses,no meu caso,só tenho lampadas flourecentes,quantas eu uso?

    ResponderEliminar
  9. queria saber se é possivel cultivar maconha com luz negra tenho 7 pezihos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. da uma lida q vc vai ver q nao serve pra nada a luz negra

      Eliminar
  10. Olá, meu grow para o vegetativo tem 1 metro de altura, 55cm de profundidade e 85 de comprimento...

    quantas lamapdas seriam necessarias para satisfazer minhas plantas?
    e quais seriam elas?

    obrigo

    ResponderEliminar
  11. gostaria de saber se o que a planta precisa é de calor (temperatura alta) mesmo ou é da luz mesmo que ela precisa ou é dos dois?

    ResponderEliminar
  12. Luz intensa, quanto mais melhor, esqueça o tipo halogeneo, nao resulta... calor acima de 30 graus vai estressar a planta e provocar danos

    ResponderEliminar
  13. como saber se a planta emite calor

    ResponderEliminar
  14. Olá, duas perguntas: Posso usar lâmpada HPS na fase vegetativa? Como saberei que é hora de alterar o ciclo de luz para a fase de floração?

    ResponderEliminar
  15. eu posso utilizar lâmpadas incandescente para cultivar ?

    ResponderEliminar
  16. oi tenho uma plantinha com um palmo, fiz um viveiro de caixas de peixe empilhadas (1 metro por 70 cm) cortando os fundos e tampas abrindo buracos para ventilaçao. minha plantinha cresce uns 2 cm por dia. tenho 4 lampadas fluorescentes de 25 wats 6.500 lumens a 10 cm da planta. Estou com luz suficiente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, se ela cresce 2 cm's por dia, esta com deficiencia de luz, sera necessario corrigir o espectro, e a quantidade....

      Eliminar
  17. Oi gente,
    Depois que coloquei a HQI de 400W ( medidas do grow 87cm x 50cm x 1600cm ) passei a ter problema com folhas secas, queimadas e temperaturas de 30ºC dentro do grow, deixo a lampada a 1,10mt acima da planta, o refletor é dutado com exaustor de 120mm e 1560rpm para retirar o excesso de calor da lampada, o grow é revestido com mylar.
    C alguem puder dar um tok agradeço!

    ResponderEliminar
  18. Oi gente,
    Depois que coloquei a HQI de 400W ( medidas do grow 87cm x 50cm x 1600cm ) passei a ter problema com folhas secas, queimadas e temperaturas de 30ºC dentro do grow, deixo a lampada a 1,10mt acima da planta, o refletor é dutado com exaustor de 120mm e 1560rpm para retirar o excesso de calor da lampada, o grow é revestido com mylar.
    C alguem puder dar um tok agradeço!

    ResponderEliminar
  19. Oi gente,
    Depois que coloquei a HQI de 400W ( medidas do grow 87cm x 50cm x 1600cm ) passei a ter problema com folhas secas, queimadas e temperaturas de 30ºC dentro do grow, deixo a lampada a 1,10mt acima da planta, o refletor é dutado com exaustor de 120mm e 1560rpm para retirar o excesso de calor da lampada, o grow é revestido com mylar.
    C alguem puder dar um tok agradeço!

    ResponderEliminar
  20. meu grow é de 1 mt de altura 60 cm de profundidade e 80 de comprimento, para criar apenas um pe qual lampa e de quantos watts devo usar? obrigado..

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde, estou pensando em usar um refletor de led com 915.000 lumens,
    pode ser prejudicial para a planta essa quantidade de lumens ? é um grow pequeno 0,60x0,60x1,20

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-766267070-holofote-refletor-tatico-de-longo-alcance-led-cree-xml-t6-l2-_JM

    ResponderEliminar

Diz o que pensas...