Search Here!!!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Cannabis em excesso encolhe áreas do cérebro

Usuários de maconha de longo prazo podem ter reduzido duas importantes estruturas de seus cérebros

Escaneamentos cerebrais mostraram que o hipocampo e amígdala são menores em homens que eram usuários freqüentes de maconha, em comparação com não usuários. Os homens haviam fumado ao menos cinco cigarros de maconha diariamente pelos últimos 20 anos.

O hipocampo regula memória e emoções e a amígdala está criticamente relacionada ao medo e agressão.

Maconha é uma das substâncias mais seguras

O estudo publicado na revista científica American Medical Association’s journal Archives of General Psychiatry também descobriu que usuários intensos de cannabis tinham notas mais baixas do que os não usuários em tarefas de aprendizado verbal, tentando lembrar de uma lista com 15 palavras.

Os usuários de maconha também tinham mais tendência de exibir sintomas de distúrbios psicóticos moderados, mas não o suficiente para serem diagnosticados com tais distúrbios.

“Estas descobertas desafiam a percepção comum de que cannabis não tem ou exibe poucos efeitos prejudiciais no cérebro e comportamento”, disse Murat Yucel, da Universidade de Melbourne, que coordenou o estudo.

As descobertas sugerem que todos os usuários freqüentes estão vulneráveis a problemas de memória e sintomas psiquiátricos.

Em média o hipocampo dos consumidores de maconha era 12% e a amígdala 7% menores do que as mesmas estruturas nos não usuários.

Aproximadamente metade dos usuários de cannabis reportou algum tipo de paranóia ou recuo social, enquanto apenas um dos não usuários relatou tais sintomas. » 5 Passos para parar de fumar definitivamente

“Chapados” por 20 anos

Bruce Mirken, porta-voz do grupo Marijuana Policy Project, que objetiva a legalização da maconha nos EUA, disse que “Estas são pessoas que estiveram chapadas essencialmente o dia todo durante 20 anos. Este estudo não diz nada sobre consumo moderado ocasional, que são a vasta maioria — e o próprio estudo admite isso.”

“Os danos documentados causados pelo uso similarmente pesado de álcool ou tabaco são mais sérios e não é necessário exames de alta tecnologia para encontrá-los”, adicionou Bruce.

Murat disse que já começou novos estudos sobre os efeitos de curta e longa duração com uso pesado e moderado de maconha.

1 comentário:

  1. a diferença entre o remedio e o veneno e a dose.

    ResponderEliminar

Diz o que pensas...