Search Here!!!

domingo, 20 de março de 2011

Produzir Cannabis....

Como plantar?

Lembre-se que plantar Cannabis é crime, como tal nao estamos a incentivar a faze-lo, estamos simplesmente a mostrar o que nao deve fazer....

Plantar não é assim tão difícil como dizem. Separe as sementes de um fumo novo. Dê preferência às sementes mais escuras, com a casca íntegra. A maioria das pessoas planta em um vaso pequeno e deixa dentro de casa para um posterior transplante em um vaso maior ou no solo.

Importante, principalmente no segundo vaso (o do transplante) é saber preparar bem a terra. No fundo do vaso, ponha algumas pedras e um pouco de areia. A terra na metade do vaso pode ser misturada com um pouco de areia (10 a 20%), isso dá uma boa drenagem para a água e minerais. A terra da parte superior deve ser pura, ou com um mínimo de areia. Não economize. Utilize terra preta, adubada, a melhor que você encontrar. Lembre-se que aquilo que você vai fumar virá dela.
Se for transplantar no solo, escolha o lugar que mais pega sol (fator mais importante)

*IMPORTANTE: Se você plantar em um pequeno vaso, inicialmente, não deve demorar muito para transplantar para outro maior. Espere a coitadinha alcançar uns poucos centímetros e algumas folhas. A raiz principal cresce até encontrar o fundo do vaso, depois começa o crescimento das raízes laterais. Se o transplante ocorrer após a chegada da raiz principal no fundo do vaso, sua planta não vai alcançar uma altura apropriada, e não dará tanto fumo quanto deveria, embora a qualidade do mesmo não seja prejudicada.

E quanto à água?

Dê preferencia para água filtrada, daquelas máquinas que em quase toda cozinha tem.
Não molhe demais. É preciso achar um equilíbrio entre ÁGUA x DRENAGEM DO VASO x HORAS DE SOL. Água demais pode apodrecer a sua raiz e água de menos vai secar a sua planta. Quanto mais quente o clima, mais água você pode oferecer à sua prole. Algumas pessoas dizem que 150 ml/planta/semana são suficientes, mas você deve descobrir por si próprio a quantidade ideal para a sua plantação.

Sol?

Sol, sim, o sol... A Cannabis é uma planta que não vive sem o sol. Tudo pode estar ruim para ela, mas sem o sol ela não vai crescer. As principais plantações do Brasil, são em torno do Rio São Francisco, onde existe sol e água em abundância. Escolha plantar em setembro, outubro, após a estação fria do ano. A primavera é a época ideal. A temperatura ideal deve ser em torno de 30 graus C. Plantando em um vaso é possível fazer a planta sempre acompanhar o sol. Eu não estou falando de 4, 5 horas de sol, mas sim, 12 se possível. O crescimento dela é directamente proporcional à exposição solar.

E o que mais?

Passando com êxito pelos passos iniciais, é só esperar a época certa para a colheita. Identificar a época certa para colher é o que as pessoas têm mais dificuldade. As folhas clássicas da cannabis não servem para fumar. Sim, eu sei que parece besteira, muita gente diz que já fumou delas e deu... etc. Tente não arrancar muitas folhas. É importante elas ficarem até envelhecerem no pé. Cada raminho com 5 folhas vai dar origem à um galho principal, cada galho principal dará mais folhas e vai continuar dando novos galhos e topos (tops), onde está a maconha que você quer, aquela que se fuma.

Como saber a época certa para colher?


A planta tem um ciclo. Ela morre no fim. Ou seja, você não pode ter uma planta e ir consumindo ela aos poucos. Só vai dar realmente para fumar quando chegar ao fim do seu ciclo vital. A duração do ciclo tem uma variação. Depende muito do sol, temperatura e água. Um ciclo de verão dura cerca de 4 meses. Em locais frios, com pouco sol, pode demorar até 1 ano.
Chegará uma época que a planta vai começa a perder todas as folhas grandes. Elas começam a murchar, secar e cair. Vai sobrar pequenas folhas gordinhas nos topos (tops). Você vai perceber que ela está morrendo. Logo, toda a planta vai parecer um pinheirinho, sem folhas grandes e vários tops gordos. Espere a maioria (ou quase todas) das folhas grandes secarem e/ou caírem ecorte a danada.

Como secar para fumar?


Você pode cortar cada top e deixar num locar seco, arejado, para secar. Uma boa dica é deixar eles em cima de umas folhas de jornal seco com um vento indirecto soprando. Durante a noite, ou quando estiver alguém que não pode saber da sua produção por perto, enrole os tops (sem prensar, deixe ar dentro) em folhas de jornal seco e guarde. Não deixe guardado por muito maisde 1 dia, pode mofar. Não prense os tops. Eles precisam de ar para secar. Quando eles estiverem mais secos, você deve limpá-los, preferencialmente, para aumentar a potência do seu fumo, tirando a palha (resíduos de folhas) do resto, da "murruga". É fácil identificar o que é folha e o que é murruga. A murruga (onde estão as glândulas de THC) não seca, ela permanece verde, enquanto as folhas secam. Brinque com os tops. Após eles secarem, aperte um contra o outro, amasse, desamasse, amasse de novo, etc... Vão sair as folhas sem THC, talvez até em forma de pó. O que sobrar na mão é o que deve ser fumado. Se você não se sentir seguro a botar fora tudo o que saiu, guarde e "tente" fumar. É um fumo de péssima qualidade, parece fumar capim, mas para épocas de seca... O resto, a murruga, deve ter um gosto de novo, de "leite" como dizem alguns.

"Lembre-se que a Cannabis é como um bom vinho do porto: melhora com o passar do tempo, pois vai perdendo o gosto de clorofila."

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...