Search Here!!!

domingo, 17 de julho de 2011

Marcha da Maconha em São Paulo reuniu mais de 1.500 pessoas

Às 16h, teve início a Marcha da Maconha em direção ao Centro de São Paulo. Os manifestantes desceram pela Rua Augusta e depois pela Consolação (Foto: Fabiano Correia/G1)
Marcha da Maconha termina em SP sem incidentes
Manifestantes chegaram em praça no Centro por volta das 18h.
De acordo com a PM, evento reuniu mais 1.500 pessoas.

Mais de 1.500 pessoas participaram da Marcha da Maconha na tarde deste sábado (2), de acordo com estimativa da Polícia Militar. O ato transcorreu sem incidentes violentos ou ocorrências mais graves, segundo a PM. A manifestação teve início às 14h, com uma concentração no vão livre do Masp, na Avenida Paulista. Por volta das 16h, os manifestantes deixaram o local em direção à Rua Augusta, por onde desceriam até o Centro da capital.

O grupo chegou à Praça Dom José Gaspar por volta das 18h, onde teve início a dispersão. Na chegada, houve um princípio de tumulto com um grupo de skinheads, mas logo controlado. A Marcha da Maconha deste sábado foi a primeira a ser realizada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar manifestações deste tipo em todo o país.

Antes disso, o Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu seguidas vezes a realização da marcha alegando que se tratava de evento para consumo e apologia da droga. Em maio, um dos atos foi reprimido com violência pela Polícia Militar. Durante a marcha deste sábado, os manifestantes caminharam de costas em parte do trecho em protesto contra o TJ-SP.

Durante a concentração no Masp, os manifestantes receberam a solidariedade dos integrantes de um outro ato de protesto contra a corrupção. Alguns deles usavam máscaras do Guy Falkes, que se tornaram populares após o filme 'V de Vingança' e foram adotadas como símbolo dos grupos hackers 'Anonymous' e 'LulzSec', na manifestação.

Fonte: G1

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...