Search Here!!!

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Pai e filho abusaram de crianças a troco de cannabis


Um homem de 52 anos de idade, natural da ilha do Faial, foi condenado esta semana a 10 anos de prisão por crimes de prostituição de menores e tráfico de droga.

De acordo com o acórdão do Tribunal da Horta, o indivíduo, na companhia do filho, de 20 anos de idade, terá praticado "actos de natureza sexual" com várias crianças institucionalizadas da ilha, a troco de cannabis, que plantavam numa estufa junto à sua moradia.
Pai e filho recolhiam as raparigas, menores de idade, umas vezes fora da escola onde estavam matriculadas, noutras fora da instituição que as acolhia, e levavam-nas até a um anexo da moradia, onde consumiam drogas e praticavam os actos.
O colectivo de juízes que apreciou o caso, julgado à porta fechado, concluiu que os arguidos forneciam e vendiam também a droga a terceiros.
O Tribunal decidiu, por isso, condenar o pai a 10 anos de cadeia pela prática de dois crimes de prostituição de menores agravados, 10 crimes de recurso a prostituição e um crime de tráfico agravado.
O filho foi condenado a três anos e seis meses de prisão, com pena suspensa, por cinco crimes de abuso sexual e um de tráfico agravado.
O advogado de defesa já manifestou, no entanto, a intenção de recorrer da sentença.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...