Search Here!!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Indicas ou Sativas


Tratam-se de duas variedades bem diferentes de uma mesma planta: a canábis.


As sativas provêm de zonas subtropicais perto do Equador. As folhas são mais finas e compridas, são plantas muito maiores e mais ramificadas, iniciam a floração mais tardiamente que as índicas e o tempo que demoram a fazê-lo é mais prolongado (10 a 14 semanas dependendo das variedades). Em comparação com as índicas, a sua produtividade, e apesar de serem plantas maiores, tende a ser menor, pois as cabeças são mais pequenas. Os seus efeitos são mais estimulantes mentalmente, não aparras, provocam actividade e vontade de fazer coisas. Devido ao facto de serem plantas maiores e de demorarem mais tempo a florescer não são muito utilizadas nos cultivos de interior, embora sejam muito apreciadas pelas suas propriedades.

As índicas provêm de zonas montanhosas perto dos trópicos. As folhas são curtas e grossas, de cor verde muito intenso. São plantas mais pequenas e compactas. O seu período de floração inicia-se antes do que o das sativas e é mais breve (8 a 10 semanas). São mais resistentes a condições extremas de frio, calor e pragas. A sua produtividade é maior, pois forma cabeças grossas e compactas. Os seus efeitos são mais sedantes, mais narcóticos. Pelas suas características são as mais indicadas para cultivo de interior.



ATENÇÃO:


  • Quando se cultiva em interior é melhor cultivar só sativas ou só indicas; já que isso pode originar muita competição pela luz. Para dar homogeneidade ao cultivo deve-se escolher um só tipo de plantas ou plantas o mais similares possíveis.

  • Existe uma vasta gama no mercado de cruzamentos entre sativas e indicas com diversas percentagens de uma e de outra.
  • É bom recordar que a família da canábis inclui desde o cânhamo têxtil, até à marijuana tipo holandesa com grandes propriedades medicinais. O que se tem feito na Holanda, basicamente, é seleccionar as plantas com mais resina e cruzá-las entre si para obter variedades muito potentes. Entre estes dois extremos há uma gama muito vasta de possibilidades.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Diz o que pensas...