Search Here!!!

domingo, 9 de janeiro de 2011

Guia para Fumar Cannabis pelo Mundo

Desde um pequeno americano a dar no bongo enquanto vê o “Harold e Kumar” até um marroquino a desfrutar do seu Hash enquanto bebe o chá da tarde, pessoas por TODO o mundo fumam cannabis.

Apesar da popularidade da erva e do hash, a maior parte dos governos, em todo o Mundo, consideraram-na perigosa para o indivíduo e para sociedade em geral.

Maioritariamente, as consequências são penas de prisão obrigatória e outras severas punições para a posse ou venda de qualquer tipo de erva e haxixe. Existem apenas 11 países no mundo onde a erva e haxixe foram descriminalizados.

Alguns lugares onde as leis são brandas quanto á cannabis:

América Latina

Na América Latina a cannabis é tolerada e/ou descriminalizada na maioria dos países, com excepção da Bolívia, Equador, Honduras e Guatemala. A maconha cresce bem na América Central e do Sul e tem um papel bastante importante na economia.

Os governos têm mais com que se preocupar do que com saber que alguém está a fumar um charro. Para os turistas, isto significa que fumar na América do Sul é possível, no entanto é preciso ter cuidado.

Apenas o Peru considera a cannabis uma droga legal, desde que não se esteja na posse de uma outra droga. Tenho a impressão de que ao longo de toda a América Latina, a tolerância não é abrangível aos turistas, especialmente se a polícia for subornada, seja como for, nunca deve viajar com maconha e correr o risco de ser investigado/a.

Eu recomendo cuidado em todo o México, Panamá, Guatemala e Costa Rica, mesmo. Embora a erva seja vendida aos turistas a toda a hora em quantidades de até 1/4 pounds (cerca de 113 gramas), no entanto esses vendedores estão muitas vezes feitos com a polícia.

Nesta região, até pequenas quantidades (geralmente cerca de 20 gramas), a maconha pode ser tolerada, descriminalizada ou até mesmo legal, mas como sempre, manter o cuidado alerta.

Breve descrição de alguns países onde as leis são mais severas:

* ARGENTINA: Descriminalizada para consumo pessoal em pequenas quantidades e para consumo em locais privados. O consumo público é geralmente aceite entre os jovens adultos e ignorado pela polícia nos subúrbios.

* BOLIVIA: Posse ilegal. Nenhum movimento afim da descriminalização.

* BRASIL: Posse ilegal.

* CHILE: O uso pessoal de maconha em pequenas quantidades num lugar privado não é contra a lei. Mais do que uma pessoa a usá-la no mesmo local, é considerado como um grupo e por isso, é considerado ilegal.

* COLÔMBIA: A posse de pequenas quantidades de qualquer droga é legal; ‘dose pessoal’ de maconha permitida é de 20 gramas.

* EQUADOR: Posse ilegal. Nenhum movimento afim da descriminalização.

* PARAGUAI: Posse ilegal. Nenhum movimento afim da descriminalização.

* PERU: Posse de até 8 gramas de maconha é legal, desde que não se esteja na posse de outra droga. No entanto, tenho lido alguns relatos em primeira mão sobre a polícia ser bastante rigorosa. O cuidado é necessário.

* URUGUAI: Não há penalização para uso pessoal; a lei não especifica a quantidade de valor “pessoal”.

* VENEZUELA: Não há punição para posse de até 20 gramas.

* BELIZE: Ilegal, mas o uso pela população local é minimamente tolerada.

* GUATEMALA: Altamente ilegal. A posse pelos Guatemaltecos normalmente não é punida, para uso pessoal, mas os turistas normalmente são presos e condenados por vários dias.

* HONDURAS: Ilegal, mas o uso pela população local é minimamente tolerada.

* PANAMÁ: Ilegal.

* COSTA RICA: ilegal, mas tolerada. Cuidado para não serem tramados.

Europa

A Europa é uma região onde a cannabis é geralmente tolerada, descriminalizada ou até mesmo legal.

Todos nós conhecemos o caso da Holanda. É legal comprar e fumar erva na Holanda, em quantidades até cinco gramas por pessoa/dia. As pessoas fumam regularmente em parques públicos e em qualquer outro lugar onde possam encontrar um banco e uma vista.

Na Holanda, percebe-se que os turistas (especialmente americanos) vão um pouco ao extremo e fumam a caminho do esquecimento. O único cuidado que eu levaria aqui é o de ter a certeza que não é enganado nas coffeshops ou roubado por oportunistas.

* ALEMANHA E BÉLGICA: Descriminalizada. Isto significa que a posse de uma pequena quantidade não arranja problemas, mas fumar em público ou vender erva já é capaz de arranjar.

* ESPANHA E FRANÇA: Fumar em casa ou possuir algumas gramas, no máximo dá para um investigação e apreensão.

* ITÁLIA: A posse de mais de um grama poderia resultar numa busca e apreensão.

* GRÉCIA: Ilegal. País realmente resistente á erva.

* DINAMARCA: Ilegal.

* MACEDÓNIA: Descriminalizada.

* SÉRVIA: (looks away if it looks at all.)

* ESLOVÉNIA: Não tem polícia (brincadeira , mas é um lugar descontraído).

* BÓSNIA: Ilegal, mas tolerada.

* CROÁCIA: Ilegal e não tolerada.

* PAÍSES ESCANDINAVOS: As leis são muito rigorosas no que toca a erva, e não é aconselhável ser apanhado a fumar.

Norte de África

Outra região onde a maconha é ok, é o Norte de África. No Egipto, Tunísia e Marrocos, os habitantes fumam hash, uma boa alternativa ao álcool e que é aceite na sociedade. No entanto, esta norma social não é necessariamente aplicável aos turistas.

Noutras palavras, os moradores podem estar a fumar, mas se os policiais ainda considerarem o que você está a fazer como sendo ilegal, ainda pode ganhar dinheiro á sua custa. Eu recomendo fumar com os amigos somente nesta região.

* EGIPTO: Ilegal, mas não com rigor, só não fumar em público. Além disso, não transportar grandes quantidades a menos que você goste de ver o interior de uma prisão egípcia.

* MARROCOS: Ilegal. Não recomendado fumar em público ou transportar mais de algumas gramas, de maneira a que você possa rapidamente engolir ou atirar para algum sítio. Os turistas costumam divertir-se com as multas, mas tecnicamente pode ser preso por 4-10 anos. Ou ainda mais se houver suspeita de contrabando.

Dito tudo isto, estas são as nações em que a cannabis é legal para consumo e onde você deve ser capaz de fumar em paz:

* BÉLGICA: Até 5 gramas.

* REPÚBLICA CHECA: Uso pessoal.

* ALEMANHA: Até 5 gramas.

* ÍNDIA: Tudo bem.

* Macedónia: Até 5 gramas.

* HOLANDA: Cafés e parques, para uso pessoal.

* PAQUISTÃO: Hmmm … Tudo bem, mas como turista iria ser esperto e iria fumar para casa de amigos meus Paquistaneses.

* PERU: Uso pessoal, até 5 gramas.

* RÚSSIA: Uso pessoal, até 5 gramas. Se você for apanhado, terá de pagar uma multa de baixo valor como posse de pequenas quantidades.

* VENEZUELA: Uso pessoal, até 5 gramas.

* AUSTRÁLIA: Até 50 gramas! (Alguns estados da Austrália descriminalizam a posse de marijuana. Se for encontrado na posse de cannabis com intenção de venda, as condenações adequadas serão aplicadas)

Eu uso “até cinco gramas” porque eu gosto de errar do lado do cuidado. Tenho fumado publicamente com os pescadores da Tailândia, com os comerciantes de chá no Egipto, com os agricultores no sudoeste da China e com todos os meus manos por toda a Europa e EUA. E continuarei a fazê-lo.

Pessoas á volta do Mundo compreendem a necessidade de relaxar e de fazer a ‘nossa coisa’ ao fim do dia. Alguns fazem isso com o álcool, alguns com chá, alguns com marijuana, e alguns com um livro.

Foque-se nas nações numeradas acima, e se precisar de dar um fumo noutro lugar, seja cuidadoso.

1 comentário:

  1. Eu já fumei e sempre que posso fumo, me alivia agums sintomas da doeça neurológica que possuo, mas aqui na argentina ainda não sei como conseguir com discrição, deveriam legalizar!

    ResponderEliminar

Diz o que pensas...