Search Here!!!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Facebook proibe imagens de folhas de cannabis

A rede social mais popular da internet, o Facebook, proibiu seus anunciantes de usarem imagens da folha de cannabis em sua publicidade por considerar isso um "conteúdo ilegal", informou hoje o jornal Los Angeles Times.



A decisão foi tomada por causa da campanha a favor da legalização da maconha nos Estados Unidos promovida pela organização Just Say Now, que utilizava o Facebook como plataforma para fazer chegar sua mensagem.

O anúncio, intitulado "End the war on marijuana", apareceu na rede social mais de 38 milhões de vezes durante pouco mais de uma semana. Nele era possível ver a folha de cannabis sob um texto que solicitava que os usuários apoiassem um pedido para que o presidente Barack Obama respaldasse a regulação desta droga.

A Just Say Now acusou o Facebook de censura e de lhe impedir de expressar suas opiniões políticas em liberdade.

"Isto é injusto e inaceitável", diz um texto no site da organização que tenta agora conseguir apoio na rede social para pressionar à direção do Facebook a mudar de ideia.

O Facebook assegurou que só proibiu a utilização da folha de cannabis nos anúncios e não nas campanhas a favor de legalizar a maconha.

"Reiteramos que a Just Say Now pode fazer seu pedido no Facebook sempre que usar outra imagem", disse Annie Ta, porta-voz da empresa, que indicou que as políticas da companhia referente à publicidade na plataforma são contrárias ao emprego de elementos que façam promoção de drogas ou de tabaco.

"Se proíbe a promoção paga de conteúdo ilegal", comentou Ta, algo que não se estende ao conteúdo que os usuários sobem ao Facebook.

O Facebook tem inúmeras páginas que incluem imagens de folhas de maconha, inclusive algumas dedicadas ao cultivo desta planta, atividade considerada crime federal nos EUA.

1 comentário:

  1. legalize logo ésa folha tão viagande as pesoas qui usa a magonha nem roba e nem mata só fika nadela viajando e gondo eu to nervoso eu fumo e fiko de boa nada medira do sério

    ResponderEliminar

Diz o que pensas...